Pesquise no Grupo AVPH

loading...

Baobá Africano


   O Baobá é originário das savanas da África Central e Austral, mas também pode ser encontrado em madagascar e no Oriente médio, cujo nome adansonia tem origem em Bernard de Jussieu, que nomeou em homenagem a Michel Adanson (1727-1806), botânico e explorador francês e quem primeiro descreveu o baobá no Senegal.
   Os Baobás passam 9 meses por ano desfolhados e segundo uma lenda Árabe "Um Demônio arrancou o Baobá e enfiou-o de cabeça para baixo, deixando suas raízes expostas para cima". São capazes de atingir cerca de 25 metros de altura e 9 metros de diâmetro, podendo viver por milhares de anos.
   São árvores extremamente resistentes, aguentam 9 meses de seca por ano (precipitação anual de 250 a 1500 mm) devido a sua grande capacidade de armazenar água dentro do tronco, podendo alcançar até 120.000 litros de água armazenada, são bem resistentes ao fogo também.
   A casca dos Baobás são usadas para fazer tecidos e cordas, sua fruta comestível é chamada de "Pão de macaco" ou Mukua, possuí em seu interior um miolo seco comestível (não tem sumo) e desfaz-se facilmente na boca, seu sabor é agridoce (adocicado com uma ligeira acidez). Este fruto é rico em vitaminas e minerais e é usada para combater febres e malária. Ao dissolver-se a Mukua em água e efetuar a fervura, obtém-se o sumo da Mukua que é tomado como uma bebida fresca com um sabor muito apreciado em determinados países.
   .Seu tronco diversas vezes são usados como casa ou é escavado para armazenar água e sua copa apesar de passar a maior parte do ano sem folhas, fornece sombra para viajantes, sua madeira é macia e esponjosa, mas não produz anéis de crescimento, o que dificulta a verificação de sua idade e seu uso em construção. Sua flor é muito bonita e comestível.

Dados do Vegetal:
Nome: Baobá Africano
Nome Popular: Baobá, Baobab, Embondeiro, Imbondeiro, Kremetart, Seboi, Mowana, Shimuwu, Muvhuyu.
Nome Científico: Adansonia digitata
Família: Bombacaceae
Época: Holoceno
Local de Origem: África
Diâmetro do tronco: 11 metros
Altura: 30 metros
Longevidade: 2000 anos


Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Malvales
Família: Malvaceae
Subfamília: Bombacoideae
Gênero: Adansonia
Espécie: Adansonia digitata, Carolus Linnaeus

Sinonimos:

Referência Bibliografica: